BLEFAROPLASTIA INFERIOR

Blog

15 de junho de 2016

BLEFAROPLASTIA INFERIOR |, , , ,

BLEFAROPLASTIA CLÁSSICA INFERIOR
Consiste na retirada do excesso de pele e das bolsas palpebrais através de incisões na pele nos sulcos palpebrais superiores (pálpebras superiores) e imediatamente abaixo da linha de implantação dos cílios (pálpebras inferiores).

COMO É REALIZADA?

1. As incisões são previamente marcadas com a(o) paciente em pé e deitada(o).

2. É feita a desinfecção do local e o paciente é anestesiado (anestesia local, local com sedação ou em raros casos geral).

3. É feita a incisão e retirado o excesso de pele e bolsas das pálpebras superiores.

4. Incisões sob os cílios nas pálpebras inferiores são realizadas e descola-se a pele até a borda inferior das órbitas.

5. São retiradas ou re-posicionadas as bolsas gordurosas das pálpebras inferiores.

6. Caso haja flacidez das pálpebras é feito um procedimento chamado cantopexia ou cantoplastia para “amendoar” ligeiramente os olhos e evitar o denominado “olho de lebre” ou olho exageradamente redondo (lagoftalmo), característica das blefaroplastias mal executadas.

7. É posicionado o retalho de pele de volta nas pálpebras, feita uma segunda marcação e retirado cuidadosamente o excesso de pele.

8. A sutura da pele é feita com fio de nylon que é retirado entre o 4o. ou 5o.. dia.

9. Compressas geladas devem ser usadas no pós-operatório.

10. O paciente recebe alta no mesmo dia ou no dia seguinte, dependendo do caso.

BLEFAROPLASTIA TRANS-CONJUNTIVAL (INTERNA):

A blefaroplastia superior é executada da mesma forma antes descrita, porém a blefaroplastia inferior é feita sem incisões na pele e por dentro da pálpebra. Este tipo de cirurgia é indicada exclusivamente para pacientes sem excesso de pele nas pálpebras inferiores e somente com excesso de bolsas.

BLEFAROPLASTIA INDIRETA:

Neste caso, o problema existente não é propriamente o excesso de pele nas pálpebras superiores e sim a flacidez nos supercílios, então a solução para estes casos é a elevação das sobrancelhas e não a retirada de pele das pálpebras, porém em alguns casos há necessidade de retirar um pequeno segmento de pele para melhorar os resultados

CANTOPEXIA E CANTOPLASTIA

São procedimentos realizados quando são feitas as plásticas das pálpebras superiores ou inferiores e cujos objetivos são obliqualizar o formato dos olhos para rejuvenescer o olhar, já que quando envelhecemos o nosso olho fica mais redondo por conta da flacidez da pálpebra inferior. Algumas pessoas poussuem esse formato arredondado ou até mesmo os cantos laterais dos olhos desde uma idade muito precoce, tendo o chamado “olhar triste” nestes casos, podemos realizar a cantopexia isoladamente, sem que haja necessidade de executar blefaroplastias. Quando a flacidez palpebral inferior é muito grande, podemos retirar uma pequena faixa do canto lateral das pálpebras inferiores e posteriormente proceder à reconstrução do ligamento cantal lateral inferior. A este procedimento damos o nome de cantoplastia ou “tarsal strip”.

QUAL É ANESTESIA PARA ESTAs CIRURGIAS?

Anestesia local, local com sedação ou geral, dependendo do caso e da preferência do paciente.

Como pode ter visto, são muitos os procedimentos e com indicações claras para as suas pálpebras, então a cirurgia não é tão fácil como muitos pensam e somente um cirurgião plástico, devidamente registrado no Conselho Federal de Medicina, tem a experiência suficiente e capacidade técnica para decidir qual é o melhor procedimento para o seu caso.

Link Patrocinado:

FONTE: artecirurgica

Comentários

Nenhum comentário realizado.

Dúvidas de Lipo © Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por MelhorWeb Tecnologia

Tire suas dúvidas sobre lipoaspiração!