Complicações da Lipoaspiração

Blog

18 de Maio de 2016

Complicações da Lipoaspiração |, ,

Complicações da Lipoaspiração

 A lipoaspiração é um dos procedimentos estéticos mais difundidos no Brasil atualmente, uma solução rápida para quem deseja exibir as medidas dos sonhos. Em busca do corpo perfeito muitas mulheres se submetem a essa cirurgia invasiva e que pode ter complicações que resultam até mesmo em morte.

Não são raras as histórias de pessoas que tiveram paradas cardíacas ou reações adversas aos anestésicos e que acabaram não saindo vivas da mesa de cirurgia. Obviamente não podemos generalizar e dizer que a cirurgia irá causar problemas para todos que a realizarem. Existem casos em que acontecem riscos já pré-definidos ou acidentes como a perfuração de algum órgão.

As histórias de pacientes que padecem na mesa são chocantes e ganham destaque na mídia, no entanto, o número de óbitos ainda é baixo. As estatísticas apontam que ocorrem 03 mortes para cada 100 mil cirurgias de lipoaspiração realizadas no mundo. Trata-se de uma cirurgia que pode representar os mesmos riscos de outras cirurgias além de complicações como embolia gordurosa, seroma, irregularidades, infecção, hematomas entre outras.

Escolha da Clínica e Médico

Para reduzir os riscos de realizar essa cirurgia é importante que a paciente interessada pesquise bem a clínica e o médico que irá realizar o procedimento. O médico deve ser cirurgião plástico com seis anos de Faculdade de Medicina, mais dois anos de residência em Cirurgia Geral e mais três anos de residência em Cirurgia Plástica.

O profissional deve título de especialista registrado no CRM (Conselho Regional de Medicina) e fazer parte da SBCP. Para se sentir mais segura em relação ao médico é importante que você obtenha informações a seu respeito por meio de outros pacientes que tenham sido operados por ele.

Custos

O Brasil é um dos países que realiza mais cirurgias plásticas por ano e a lipoaspiração é a segunda no ranking do país ficando atrás somente da cirurgia de implante de silicone. Em geral os custos dessa cirurgia variam entre R$ 1.800,00 a R$ 4.500,00, mas isso depende da região em que é realizada a intervenção.

Um dos grandes problemas é que existe uma grande quantidade de clínicas que oferecem a lipoaspiração por preços baixos e com parcelamentos a perder de vista que acabam iludindo pacientes que não tem ideia dos riscos que esse procedimento envolve.

A Cirurgia de Lipoaspiração

O objetivo dessa cirurgia é remover o excesso de gordura localizada utilizando sucção realizada por uma cânula fina que é introduzida na camada subcutânea gordurosa. A cânula fica ligada a um aparelho que faz o trabalho de sugar o tecido adiposo com o controle do médico.

A sucção somente deve ser feita depois que a área a ser operada passou por uma infiltração de solução de soro fisiológico e substâncias vasoativas que tem o objetivo de realizar a vasocontrição que é o processo em que se faz a contração dos vasos sanguíneos. Isso ajuda a reduzir a perda de sangue e tornar mais fácil o processo de remoção da gordura.

Questão de Tempo

Essa cirurgia não tem um tempo pré-determinado, tudo depende da área que será lipoaspirada. Contudo, cientificamente é possível estabelecer que quanto mais longa é uma cirurgia de lipoaspiração maiores são os riscos a que o paciente fica exposto. Para que tudo transcorra da melhor forma possível é necessário que o paciente passe por consultas prévias com o médico e faça todos os exames pré-operatórios para ter certeza de que pode se submeter ao procedimento.

Qualquer tipo de problema de saúde impede a cirurgia, dentre as doenças e situações que podem impedir a realização do procedimento são hipertensão, gripe, reação alérgica, problemas cardíacos, obesidade entre outros. Outro ponto essencial de destacar é que o paciente que se submete a esse procedimento precisará ter paciência, pois o período de recuperação pode ser longo. A região lipoaspirada tende a ficar inchada por um bom tempo.

Recuperação

A recuperação de uma cirurgia de lipoaspiração é bem semelhante ao processo de recuperação de outros tipos de cirurgias. Os pontos necessários são pequenos já que as incisões são reduzidas, tem cerca de um centímetro cada para que a cânula possa ser inserida. São indicados tratamentos fisioterápicos complementares no período pós-operatório para reduzir o edema deixado pelo procedimento além de favorecer a cicatrização mais rápida. Os médicos ainda recomendam que o paciente use por pelo menos um mês uma cinta modeladora que ajude a deixar a pele mais firme.

Condições para passar pela Lipoaspiração

Quem pensa que basta encontrar um médico para realizar a cirurgia de lipoaspiração está enganado, pois é necessário atender a algumas condições para se submeter a esse procedimento. Para começar é necessário que fique bem claro que a cirurgia não é um método para emagrecer, apenas para retirar a gordura localizada de áreas que mesmo tendo passado por rotinas de exercícios não se desfazem.

Na maior parte dos casos essas áreas têm esses depósitos devido a fatores genéticos. O paciente deve dizer exatamente o que deseja para o médico para que o profissional possa fazer uma avaliação detalhada e minuciosa para saber se é possível ou não que essa pessoa passe pelo procedimento. Existe ainda o limite da quantidade de gordura que pode ser retirada na cirurgia que é de 7% do peso corporal do paciente. O paciente deve ser maior de 18 anos.

Complicações da Lipoaspiração

Como toda e qualquer cirurgia a lipoaspiração apresenta alguns riscos bem sérios que o paciente deve conhecer antes de decidir passar por esse procedimento. Dentre as possíveis complicações está a de ocorrer a embolia que consiste numa placa de gordura ou de sangue que desloca-se e acaba causando obstrução em outro lugar.

As reações anafiláticas também são possíveis e de certa forma até comuns. Para evitar que esses riscos se tornem um problema na cirurgia é necessário que a paciente faça todos os exames pré-operatórios bem como a avaliação clínica exigida. O médico deve explicar a paciente todos os riscos que ela irá correr durante o procedimento.

A paciente também deve ser sincera com o médico e lhe contar se está tomando algum medicamento e ou se teve algum problema de saúde. Muitas pacientes omitem essas informações por medo de o médico se recusar a fazer a cirurgia, mas não entendem que estão arriscando a vida.

complicacoes-lipoaspiracao

Fonte: esteticas

Comentários

Nenhum comentário realizado.

Dúvidas de Lipo © Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por MelhorWeb Tecnologia

Tire suas dúvidas sobre lipoaspiração!