Fibrose

Blog

9 de maio de 2016

Fibrose |, , , , , , ,

Lipoaspiração: Fibrose

Depois de o paciente realizar uma cirurgia de lipoaspiração para retirada de gordura em determinadas partes do corpo é possível que apareçam, no local lipoaspirado, algumas espécies de ondulações na pele que podem ser chamadas de fibroses.

Esta mudança no aspecto da pele que pode ser caracterizada como uma cicatrização irregular pode acontecer por diversos motivos, porém, o mais comum é que a pele fique agredida em função de um pós-operatório mal sucedido. Muitas vezes os pacientes recém-operados levantam peso antes do permitido, comem alimentos muito gordurosos ou pesados, se levantam da cama bruscamente, não ficam em repouso o quanto deveriam ou não utilizam a cinta modeladora corretamente. Todos estes descuidos podem acarretar o aparecimento de fibroses.

Além de recomendações não sendo seguidas corretamente após o procedimento cirúrgico da lipo, outros fatores podem contribuir para que fibroses marquem o corpo do paciente. Algumas vezes uma cirurgia mal feita – ou quando há excesso de gordura lipoaspirada – é capaz de desencadear o aparecimento destas.

Lembrando que as fibroses podem aparecer no corpo do paciente mesmo que a cirurgia tenha sido realizada corretamente e todos os cuidados tenham sido tomados. E isso é normal. Mas para que o corpo não fique marcado posteriormente ou para que o quadro não se agrave é fundamental que a pessoa comece a frequentar, logo depois da cirurgia, clínicas de fisioterapia ou de estética para a realização de sessões de drenagem linfática manual combinada com outros aparelhos e técnicas, como ultrassom, endermologia e infravermelho. Aplicar pomadas, medicamentos injetáveis ou cremes específicos na área agredida também podem ser boas soluções para a extinção das fibroses, porém, tais procedimentos só devem ser seguidos caso o médico recomende.

Muitas vezes os médicos indicam a seus pacientes que comecem a frequentar sessões de drenagem linfática antes mesmo da cirurgia, e desta forma desintoxiquem o corpo e o deixem mais preparado para a lipoaspiração que está por vir. Tal procedimento ainda favorece a recuperação, atenuando possíveis dores após a cirurgia.

Caso o quadro de fibrose se agrave em demasia, ou não diminua e suma por completo após um período de seis meses, normalmente é indicado que o paciente se submeta a outra cirurgia de lipoaspiração, desta vez, porém, o procedimento será realizado com a finalidade de acabar com as fibroses, e não para a retirada de gordura. A lipoaspiração para o tratamento de fibrose é realizado com cânulas especiais e tem como objetivo quebrar estas ondulações e posteriormente enxertar gordura na área atingida para regularização.

Foto-1-texto-fibroses-300x225

Fonte: lipoaspiracaobrasil

Comentários

Nenhum comentário realizado.

Dúvidas de Lipo © Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por MelhorWeb Tecnologia

Tire suas dúvidas sobre lipoaspiração!