O que é Lipoescultura ?

Blog

5 de Maio de 2016

O que é Lipoescultura ? |, , , , , , , ,

Lipoescultura

A lipoescultura é uma das mais conhecidas formas de se realizar uma lipoaspiração. Neste tipo de procedimento cirúrgico, é realizada a remoção da gordura localizada de uma parte do corpo. Essa gordura, por sua vez, é injetada em outra área no intuito de corrigir uma falha, de forma que a gordura preencha algum suco ou imperfeição da pele e na maioria dos casos é reabsorvida pelo corpo.

Com essa remoção de gordura e aplicação em outra área do corpo, o cirurgião tem a possibilidade de modelar aquela parte do corpo que a paciente não gosta, ou mesmo aumentar o volume de alguma área especifica, assim como a lipoaspiração convencional, a lipoescultura não é indicada para pessoas que estejam acima do peso, mas sim aquelas pessoas com pontos de gordura acumulada. Já que a lipoaspiração não emagrece e sim modela o corpo.

Como além da retirada é realizado o enxerto de gordura a cirurgia tende a demorar mais que a lipoaspiração. Se a lipoescultura, assim como a lipoaspiração for realizada em pessoas com um maior volume é maior a chance dela ficar com uma imagem distorcida, não atendendo assim as suas necessidades.

Assim como os demais tipos de lipo, ela pode ser de anestesia geral, local ou bloqueio peridural. A anestesia local é indicada aos pequenos procedimentos cirúrgicos e que levem poucas horas. Já a anestesia geral é para casos inversos no qual cirurgia é mais demorada e tem mais exigências. E a anestesia de bloqueio peridural é aquela que deixa as partes do corpo insensíveis, porém o paciente fica somente com sedação ou mesmo conciente.

O processo pós-operatório é também semelhante ao da lipoaspiração comum. No primeiro mês após a cirurgia começam a surgir edemas e equimoses na área afetada, ou seja, inchaço e manhas roxas devido à ação da retirada da gordura. Da mesma forma como na lipo tradicional, a lipoescultura também pode ter melhor cicatrização com o uso de cintas elásticas compressoras e a realização de drenagem linfática para que a pele volte ao normal o quanto antes e apresentando o melhor resultado possível. Lembrando que esse “o quanto antes” pode significar de três a seis meses de recuperação.

Os cirurgiões afirmam que só após seis meses do procedimento é que a recuperação estará completa, porém depois de quatro meses já é possível notar um resultado de 80%.

Neste tipo de procedimento é difícil que ocorram complicações cirúrgicas se for realizada em uma boa clínica por um médico que tenha especialização em lipoaspiração e cirurgias estéticas, mas existe a possibilidade de se acarretar algumas complicações como infecção, trombose, seroma (esse é o caso mais comum) ou outros acidentes que possam ocorrer no momento da cirurgia. Portanto, nunca é demais avisar: ao fazer sua lipoescultura, pesquise muito bem o local e o médico que ficará responsável por sua cirurgia.

Não é nada fácil ter que conviver com gorduras localizadas pelo corpo e que insistem em não sair, mesmo com exercícios físicos e alimentação balanceada seguida à risca. A vantagem é que hoje, quem não está acima do peso e só pretende se ver livre de pneuzinhos, papada, barriga saliente, entre outros defeitos pontuais pode optar por uma lipoescultura, técnica bastante semelhante à lipoaspiração tradicional, mas com a diferença de que é um pouco menos invasiva e causa bem menos dores aos pacientes no pós-operatório, além de ter preços menos salgados. A maior vantagem desta técnica está na complementação do procedimento de retirada de gordura localizada: a gordura, que na lipo é descartada, nesta cirurgia é recolocada em outra parte do corpo com o intuito de melhorar o desenho do corpo. Sendo assim, é possível sair da sala de cirurgia parecendo mais magra, mas com as curvas bem definidas.

Na lipoescultura são feitos pequenos furinhos na área a ser aspirada e em seguida são introduzidas cânulas finíssimas no local para a retirada de gordura. Pelas cânulas apresentarem um tamanho inferior ao daquelas usadas em lipoaspirações o processo tende a ser bem menos indolor e desagradável para o paciente, que recebe alta no mesmo dia e após alguns dias já pode voltar a frequentar o trabalho. Além disso, aquela dor incômoda, característica de cirurgias plásticas, tende a sumir após quatro dias.

Para o paciente se recuperar só será necessário se afastar dos exercícios físicos por algum tempo, ficar longe de atividades que envolvam esforço e usar uma cinta elástica por uma semana.

Quanto custa uma lipoescultura?

O preço da lipoescultura tende a variar de clínica para clínica, mas de um modo geral o valor é de R$ 3 mil, podendo chegar a até R$ 5 mil, o que varia também conforme a área a ser aspirada. Algumas clínicas chegam a cobrar R$ 1,5 mil por uma lipoescultura, mas neste caso é bom ficar de olhos bem abertos e com um pé atrás, afinal, o preço está bem abaixo daquele praticado na maioria das clínicas, o que pode ser uma armadilha para o paciente, oferecendo serviços de qualidade inferior – o que neste caso pode ser fatal.

Embora seja tentador economizar um pouco, com relação à cirurgias plásticas é melhor não correr o risco. Afinal, é a saúde do paciente estará em jogo.

É só o verão ou as férias se aproximarem que as clínicas e os consultórios médicos são invadidos por centenas de mulheres, e homens também, que pretendem retirar aquelas gordurinhas tão desagradáveis do corpo. Para não ter que sofrer na academia, com exercícios pesados; e também na mesa, com dietas restritivas, muita gente apela para a cirurgia de lipoaspiração para murchar a barriga, desinflar os pneuzinhos, afinar as coxas, entre outras possibilidades. Apesar de muita gente acreditar que com a lipoaspiração seja possível perder peso, na realidade não é bem assim que acontece. A lipo prevê a modelação do corpo e não o emagrecimento – ou seja, você transforma linhas disformes em curvas harmoniosas conquistando o corpo desejado em pouco tempo e com nenhum sacrifício.

Outra cirurgia existente, também para retirar gordura do corpo e corrigir alguns defeitinhos que não somem com ginástica ou dieta, é a lipoescultura. Apesar de esses dois tipos de lipocirurgias terem nomes bem parecidos, há algumas diferenças entre elas.

Lipoaspiração – o que é e como funciona

A lipoaspiração consiste na retirada do excesso de gordura corporal debaixo da pele com o auxílio de uma cânula, que nada mais é do que um pequeno tubo de aço inoxidável. Ao ser inserida no corpo do paciente, através de incisões de quatro mm, a cânula é fixada a uma bomba de aspiração a vácuo que literalmente suga toda a gordura indesejada para fora do corpo do paciente. É importante lembrar que, assim como qualquer procedimento cirúrgico, apenas médicos cirurgiões plásticos têm a permissão de realizar a lipoaspiração. Além do que foi mencionado, é imprescindível escolher um local adequado, com todos os equipamentos médicos e estrutura necessários, para se submeter à técnica.

Lipoescultura – o que é e como funciona

Já a lipoescultura também é uma técnica que consiste na retirada de gordura corporal, com a diferença de que o que foi retirado é usado para ser enxertado em outras partes do corpo, como pernas, bumbum e sulcos do rosto. Como a gordura enxertada é proveniente do corpo do próprio paciente, as chances de rejeição são mínimas. Além disso, grande parte do que foi recolocado em outra parte é absorvido pelo organismo algum tempo depois, cerca de 50%. A quantidade de gordura retirada, no entanto, tende a ser bem menor do que aquela que é extraída na lipoaspiração e as cânulas usadas na cirurgia são bem mais finas. Apesar de ser um procedimento cirúrgico popular e que já conquistou milhares de adeptos mundo afora, a lipoescultura não é indicada para todas as pessoas. Quem opta por esta técnica precisa estar com o peso em dia, com elasticidade e firmeza na pele e sem flacidez.

lipoescultura1

Fonte: lipoaspiracaobrasil

Comentários

Nenhum comentário realizado.

Dúvidas de Lipo © Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por MelhorWeb Tecnologia

Tire suas dúvidas sobre lipoaspiração!